quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Hoje a tristeza não é passageira, hoje fiquei com febre a tarde inteira...

Hoje foi meu primeiro dia de aula na faculdade, depois das férias, havia esquecido quase totalmente que sofria de fobia social, sempre em casa, sem ver muitas pessoas, estava tudo ótimo , até que as aulas voltaram e tudo parece ter piorado, acabei regredindo e estou frustrada por isso, antes ficava feliz por ter conseguido cumprimentar várias pessoas, ou por ter iniciado alguma conversa com alguém desconhecido, mas agora não estou conseguindo mais nem olhar nos olhos das pessoas, se alguém fala comigo, a voz trava, uma moça perguntou meu nome e demorei para responder, não sei o que ela ficou achando, talvez que eu seria louca, como pode uma pessoa esquecer o próprio nome?(ela deve ter pensado isso), na verdade a voz travou, não sei o que aconteceu, mas isso foi o de menos o pior foi a cobrança dos professores quanto a desenvoltura e outras coisas mais, que não quero nem lembrar, me bate um desespero, uma vontade de largar tudo e ficar em casa pra sempre, sei que isso é impossível, também não teria coragem, sei que meus sonhos são maiores que meus medos, mas não sei o quanto vai durar essa crença.Estou com uma enorme tristeza , um sentimento de frustração, depois de ter melhorado tanto, já me sentia quase livre dos sofrimentos da fobia social, mas parece que está voltando e tenho medo que seja igual ou pior.Só espero que amanha isso tudo passe.
Este é um vídeo que descreve bem o que estou sentindo

video

4 comentários:

  1. PENSSE SENPRE POSITIVO E VAI VER COMO SUA VIDA VAI MUDAR!!! oi Penélope eu curto muito legião urbana antes eu escutava legião e ficava ingual a vc ,mais hj fico feliz e dificil de intender e de acreditar mais vc pode mudar sua vida com o o poder da mente antes eu era fobico + hj eu domino a mim propio tenta vc tambem se esfosse mesmo garanto 100% acura //www.youtube.com/watch?v=YY4Qt0h8xu4&feature=related

    ResponderExcluir
  2. às vezes eu também sinto essa coisa de que tudo está indo bem, mas de repente, parece a verdade imutável impregnada em mim vem a tona, e ai me destrói. Depois que acabei a faculdade e fiquei trabalhando numa firma só eu e meu chefe, senti que as coisas estavam ficando cada vez piores, pois já começava a sentir vergonha (e medo, sei lá) de sair na rua e essas coisas. Ainda to ruim do mesmo jeito, mas repito todo dia pra mim mesmo que to melhorando, pra ver se a tal parte da minha subconsciência tonta age no lugar da minha consciência que é mais tonta ainda.

    mas sucesso pra todos nós, sempre! =) melhoras

    ResponderExcluir
  3. penelope,tento entender o q vc esta pasando,parei duas vezes de estudar tbm por medo das pessoas,de sair pro intervalo porq tinha pavor de comer em publico,tinha medo de ir ate o banheiro e encontrar alguem que ficasse puxando papo comigo..foi horrivel...
    Apesar de nós n conversamos pelo orkut,por motivos q sabemos bem,espero q tudo isso um dia passe para todos nós,apesar de n ter passado ainda, finjo que nada acontece comigo com a esperança de esquecer que sofri por muito tempo com isso.

    ResponderExcluir
  4. Natália, parece que vc é uma de poucos que pensa como eu, o fato de que ignorar o problema parece ser o melhor remédio.

    Ledark,obrigada,melhoras pra vc tbm !espero tbm q todos nós possamos superar nossos medos, para conquistar o que sonhamos.

    Iuri, realmente essa música que vc lembrou faz todo o sentido.Obrigada!as vezes precisamos de uma opnião externa para enxergarmos nossos problemas por outro ângulo e esse é um de meus propósitos com este blog.

    ResponderExcluir